Blog

Acompanhe nossos conteúdos e saiba tudo sobre Gestão Escolar, relacionamento escola/pais/alunos, uso da tecnologia na educação, entre outros temas.

Compartilhe

Dicas práticas para fornecer um feedback construtivo à equipe escolar

Escrito por Hillary Moraes

Dicas práticas para fornecer um feedback construtivo à equipe escolar

Essencialmente, feedback é uma resposta em forma de avaliação de desempenho que retorna para alguém que realizou determinada ação. É uma forma de comunicação que pretende auxiliar as pessoas a entenderem como suas ações são interpretadas pelo outro.

Nas escolas, o trabalho de muitos educadores pode ser transformado através do feedback. Afinal, através da percepção externa os profissionais podem aprimorar suas ações para alcançar resultados ainda melhores.

A compreensão de como dar feedback é muito importante em um papel de liderança. Por isso, continue a leitura e confira algumas dicas para dominar esse processo.

Leia também: Ensino Remoto: como manter os professores motivados

Feedback: quais são os tipos mais comuns?

Há duas divisões principais entre os tipos de feedback: o feedback geral, que dá opinião sobre o trabalho realizado no contexto geral sem citar as ações específicas, e o feedback específico, que traz informações objetivas sobre um determinado comportamento.

Podemos subdividir o feedback específico em:

  1. Feedback corretivo, que identifica erros mas fornece maneiras de corrigi-los;
  2. Feedback não corretivo, que identifica erros, mas não sugere maneiras de corrigi-los ou evitá-los;
  3. Feedback positivo, que é composto por elogios sobre um comportamento desejável de ser repetido.

6 dicas para dar um feedback construtivo à sua equipe

1. Peça permissão para fornecer feedback

Ao pedir permissão para fornecer feedback você aborda a situação de uma maneira respeitosa, o que pode deixar seus funcionários mais à vontade.

Uma vez que existe o interesse em dar e receber feedback na escola, também é interessante estabelecer essa prática como componente da cultura organizacional. Dessa forma, o hábito passará a fazer parte do ambiente escolar.

2. Esclareça o propósito do seu feedback

Antes de fornecer feedback aos seus funcionários você deve declarar o motivo pelo qual está dando feedback, se é para alertá-los, parabenizá-los ou corrigi-los, por exemplo.

Isso pode ajudá-los a entender melhor o raciocínio de seus comentários e prepará-los para o que vão ouvir a seguir. E lembre-se: seja sempre objetivo e cordial.

3. Escolha bem o ambiente

Embora alguns tipos de feedback como o positivo possa ser bem-vindo em um ambiente público entre a equipe, você deve priorizar estar em um espaço privado com o educador que for receber feedback construtivo.

Isso pode não apenas evitar que seu funcionário se sinta envergonhado na frente de colegas de trabalho, mas também pode ser uma forma de ser discreto e manter a confiança entre as partes.

Distanciamento social: adaptação dos professores ao trabalho remoto

4. Ofereça sugestões para melhorias

O melhor feedback é aquele que fornece informações sobre o que foi bem feito, o que precisa ser melhorado e como melhorar.

Ou seja, não é recomendado fornecer uma crítica sem tentar auxiliar com sugestões de ações que podem melhorar a situação descrita. Isso é útil para que possam reconhecer melhor as áreas de melhoria e, ao mesmo tempo, buscar evoluir a partir delas.

5. Faça avaliações de desempenho

Ao estabelecer a cultura do feedback na escola, é muito importante que ela aconteça continuamente. Isso pode ajudar um funcionário a fazer adequações necessárias ao longo do tempo e aumentar sua produtividade.

Essas avaliações também podem ser feitas através de pesquisas de opinião realizadas com alunos e responsáveis, que são muito relevantes para falar sobre o desempenho dos professores.

6. Peça feedback à sua equipe sobre o seu desempenho como gestor

Para fornecer feedback eficaz aos seus funcionários, deve haver um nível de confiança e respeito já estabelecido. Ao pedir feedback a seus funcionários sobre seu desempenho em uma função gerencial, você relembra que valoriza a opinião deles e não se considera acima de qualquer crítica.

Gestor, agora que você conheceu mais sobre a prática de fornecer feedback à sua equipe, que tal também otimizar o trabalho dos funcionários de todos os setores da escola?

Você pode fazer isso contratando um software de gestão escolar, que garante mais praticidade em diversos processos da rotina de todas as áreas da instituição. Para saber mais sobre os benefícios que o iScholar oferece, solicite uma demonstração gratuita clicando aqui.

Aguarde nossos próximos conteúdos e nos siga nas redes sociais:

Facebook | Instagram

Até a próxima!